Sinto muito

Sinto, e sinto muito. Sinto sua falta muito mais do que eu gostaria. Sinto sua falta em intervalos de tempo, intervalos intensos. E não há mais ninguém para quem eu possa dizer isso a não ser a mim mesma e a você, se um dia você chegar a ler essa carta. Uma vez escutei que sentir falta é não ter mais esperanças, caso contrário seriam apenas saudades. Sentir falta é saber que não vai voltar, e talvez por isso esteja doendo tanto. Depois de tanto tempo, de tantas coisas, acho que me apeguei à ideia de que você voltaria, mais cedo ou mais tarde. Porque era isso que você fazia. O que nós fazíamos. O que sempre fizemos. Mas agora…

Agora eu sinto, e muito. Sinto por você, por mim. Pelas decisões e escolhas que fizemos. Sinto por saber que não poderia ter sido diferente. Sinto por achar que um dia seja diferente. Sinto por esperar. Eu só não sei exatamente o que estou esperando. Se é algum sinal, alguma escolha que mude os caminhos, algum tipo de esperança que transforme essa falta em apenas saudade ou numa lembrança boa. Mas é só isso o que posso fazer agora: sentir.

Não vou entrar na discussão de certo ou errado. De motivos. De nada. Nós sempre tivemos nossas opiniões e jamais mudaríamos pelo outro. Mas há mudanças acontecendo, inegável. E talvez uma conversa fosse suficiente. A única coisa que eu vim dizer nessa carta é que eu sinto, e muito. A sua falta, principalmente. E se eu não posso dizer isso a mais ninguém, então que seja a você. Sem intuito nenhum. Se algum dia você sentir também, leia isto. Você sabe que algumas linhas minhas sempre serão dedicadas a você, faz parte da minha literatura escrever o que sinto.

Sabe, uma das coisas que eu aprendi longe de você, quando tentava reencontrar a paz, é que entre amores, paixões e controle só há perdições. É inevitável não tropeçar. E eu fico tentando não ficar em silêncio, para que a agitação da minha mente não me impeça de evoluir. Eu sei que a vida é um processo de abrir mão das coisas e considere como uma prova de que eu te amo todas as minhas tentativas de fazer isso dar certo. A verdade é que a gente quer tanto que as coisas permaneçam, tenta acreditar que é melhor ser feliz da maneira que se pode, porque uma única mudança pode estragar tudo. Mas a verdade é que nós merecemos mais do que isso. Eu sei que é difícil, mas eu mereço mais do que estar perto de você por medo de ser destruída se eu não ficar.

Mas essas são reflexões para serem discutidas depois. As ruínas ainda estão recentes e eu só preciso de tempo para senti-las. Para reconhecer e dar a chance para que abram portas à transformação. Por enquanto eu continuo sentindo, e muito. E eu espero que você sinta.

sinto

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s